Creche Hermínia faz sua primeira festa de formatura

(Por  Domingos Belarmino da Silva)

A vida é um passar contínuo. Passam-se as águas, o tempo, o vento, a vida… Menos a esperança. A esperança de melhores dias, do cumprimento de uma promessa anunciada, de um sonho a se realizar.

Isto mesmo. O sonho de um diploma na mão, de um trabalho digno, de uma vida melhor.

Foi com esse pensamento que ontem (07),

participei da primeira formatura da Creche Hermínia Maria de Jesus, localizada no Bairro Santo Antônio. Uma festinha de formatura com todos os itens que ornam o figurino escolar, uma solenidade e tanto, inclusive com tapete vermelho, da porta de entrada até às cadeiras dos formandos.

Como não descrever os detalhes, se a soma das pequenas partes é que compõe o todo. O espírito cívico se fez presente com a entoação dos hinos do Brasil e de Paramirim, acompanhados por todos de pés. A mesa composta pelas autoridades da escola. Olha que houve até mestre cerimônia (Parabéns Val, sua dedicação faz a diferença ). O juramento e a despedida repetidos em coro pelos formandos soou aos meus ouvidos como uma tomada de atitude perante a vida. O sorriso estampado no rosto substituindo as lágrimas do inicio do ano. As músicas infantis nos fazendo passear pelos mares das recordações com Simoni e a Turma do Balão Mágico. A decoração da escola a cargo dos professores com motivos natalinos…

Mas não ficou somente nesses detalhes. As mensagens se sucedendo. Olhos brilhando, corações pulsando, restinhos inquietos. Uma efervescência de pais e convidados atendidos por funcionários atentos e dedicados. Mesas especiais para a família de cada doutorando. Arranjos e lembrancinhas coerentes com o evento. Tudo isso em um pequeno espaço, onde as salas de aula se transformam em salão de festas, os corredores em auditórios e uma simples mesa do professor vira de repente um palco. A escola é igual coração de mãe sempre tem lugar para todos os seus filhos. É o ambiente mágico, onde o quase nada serve para tudo.

O azul e branco da beca dos formandos sobrepondo aos uniformes, rostinhos produzidos com direito a penteados elegantes, pose para as fotos de lembranças, Nas mãos um diploma, passaporte para um futuro melhor. O indicador de novos caminhos. Uma bússola na vida de cada um. As premissas para novas descobertas.

Nada mais, nada menos que 16 crianças, todas na faixa etária de cinco anos, todas na idade certa e na escola certa. A Creche Hermínia, ponto de referência cultural da Espanha, a casa de se fazer o bem e de plantar as primeiras sementes do saber, formando a sua primeira turminha do ABC.

Dezenas de mães e pais conduzindo seus filhos vitoriosos ao pódio, estampando sorrisos, recebendo parabéns, conclamando o bendito fruto da educação conquistado através da parceria escola/família. 16 candidatos aptos a se matricularem no primeiro ano do ensino fundamental I.

Parabéns a todos que direta ou indiretamente contribuíram para a beleza e a qualidade desse evento. Parabéns ao gestor municipal pelo solicitude no atendimento aos anseios da escola, à Diretora D. Lourdes, aos coordenadores e docentes, à toda equipe do apoio logístico, às famílias dos formandos e como disse na minha fala, parabéns especiais para a mamãe das trigêmeas Elaine, Leiliane e Mariane, nascidas em 13 de janeiro de 2012, que de uma só vez recebe da escola três doutoras com diplomas não mão. Uma raridade. Uma exclusividade da Creche Hermínia porque esta faz a diferença.

Compartilhar: